QUAIS PERIGOS O LIXO ELETRÔNICO CAUSA?

Esses equipamentos são produzidos com substancias nocivos, e uma vez descartados de forma inadequada em lugares como lixões e aterro podem causar problemas como contaminação do lençol freático, que causam sérios problemas para nossa saúde e para o meio ambiente.

AGORA TEM O SEU LUGAR!

Entrega Voluntária: Na Fazenda Córrego Grande; Zona Rural; Amparo do Serra/MG. Das 09 às 17h.

LOCAL DE ENTREGA: (ECO PONTOS)

CRAS; Mercearia e Material de Construção Bom Jesus; Posto Amparo do Serra; Supermercado Celeste Azul e Viação Serrense.

Recolhimento todas as terças feiras.

CIDADE LIMPA, POVO CIVILIZADO: Lixo Eletrônico: Repensar, Reutilizar e Reciclar na Cidade do Amparo da Serra/MG.

O QUE É LIXO ELETRÔNICO? É todo residuo material oriundo do descarte de equipamientos electrónicos, tais como computadores, telefones celulares e baterias, televisores, câmeras fotográficas, impressoras, CDs, DVDs, pendrivers e outros.

Projeto das Oficinas de Beneficiamento do Pescado em Paragominas - Pará

De 13 a 18 de abril de 2015 as oficinas de beneficiamento do pescado, promovido pelo ITEV - Instituto Tempo é Vida, qualificada como Organização da Sociedade Civil de Interesse Público – OSCIP, Lei. 9.790/99, com sede na cidade de Ponte Nova /MG, contendo um conteúdo programático de: Associativismo e cooperativismo, empreendedorismo e agronegócio, a seleção da matéria prima, educação ambiental, higiene do manipulador, sanificação do local de trabalho e dos equipamentos, equipamentos e utensílios utilizados no processamento.


O processamento, que é o preparo dos produtos elaborados a base de peixe (linguiça frescal, linguiça defumada, Peixe defumado a cura seca, Peixe defumado a cura úmida, Surimi, Pasta base, Hamburguer, almôndega, apresuntado de peixe, filé de peixe marinado; filé empanado, nuggets e patê de peixe), diferentes tipos de peixes para processamento, potencial culinário dos peixes amazônicos, a embalagem dos alimentos, rotulagem, estocagem e comercialização. As oficinas de beneficiamento do pescado foram ministradas por profissionais capacitados na área de tecnologia do pescado, pela MS. Marilu Teixeira Amaral (Eng. de Pesca), Docente da Universidade do Estado do Amapá/UEAP, e a Eng. de Pesca Greyce Kelly da Silva Aparício, coordenada pela MS. Rosângela da Conceição Marques Pena (Eng. Agrônomo), Diretora de Projetos do ITEV – Docente da Universidade do Estado do Pará/UEPA.

Participaram das oficinas 30 pessoas com carga horária de 30 horas ao final do curso foram fornecidas certificados pelo ITEV.

As oficinas foram realizadas na Escola de Educação Tecnológica do Estado do Pará – EETEEPA, com apoio da Prefeitura Municipal de Paragominas - PA, Secretaria Municipal de Agricultura de Paragominas – SEMAGRI, Secretaria do Estado de Desenvolvimento Agropecuário e de Pesca do Pará – SEDAP, Universidade do Estado do Pará – UEPA Paragominas, SEBRAE, Câmara Municipal de Paragominas, Caminho do Rio, Capixaba, Augusta Floricultura, Associação Paragominense de Aquicultores – APA, Radio Clube – RBATV, ForteFrigo, Projeto Pitúi e a Federação das Associações de Moradores e Entidades Comunitárias do Estado do Pará – FAMEPA.


A ZCAS é o resultado de uma intensificação de calor e da umidade causados pelos encontros das massas de ar da Amazônia e do Atlântico Sul, ambas quentes e úmidas.

Após a última cheia do Rio Piranga (03/01/2012), que trouxe prejuízos tanto sociais, éticos, culturais, ambientais e econômicos, tanto à população da cidade de Ponte Nova e da região do Vale de Piranga do estado de Minas Gerais, o Instituto Tempo é Vida - ITEV, observando tal situação catastrófica, elaborou o projeto de desassoreamento do Rio Piranga, com o intuito de amenizar as conseqüências geradas pela cheias. O ITEV deu início às pesquisas, o médio, curto e longo prazo; o projeto consta de três etapas:

1º - Pesquisa de Campo: Monitoramento do Rio Piranga, dos trechos das cidades de Porto Firme, Presidente Bernardes, Guaraciaba, Piranga e Ponte Nova.

2° - Diagnósticos Ambientais dos trechos feitos, dos monitoramentos, dos dados técnicos e outros.

3° - Projeto detalhado de desassoreamento do Rio Piranga, com custos, a ser apresentado ante a sociedade civil, autoridades e órgãos ambientais em audiência pública.

Projeto de Desassoreamento do Rio Piranga

Os últimos acontecimentos referentes ás chuvas ocorridas nos últimos anos, tem causado vários danos ás cidades da Zona da Mata Mineira, entre as cidades que se encontram no leito do Rio Piranga, rio formador do Rio Doce, tem-se as cidades de: Porto Firme, Presidente Bernardes, Piranga, Guaraciaba e Ponte Nova. Existem registros de enchentes nas cidades nos anos de 1951, 1979, 1997, 2008 e último de 02 de Janeiro de 2012. Uma das causas dessas inundações está explicitamente associada à ZCAS (Zona de Convergência do Atlântico Sul) que se caracteriza por uma alongada distribuição de nebulosidade de orientação NW/SE (Noroeste/Sudeste).

Projeto de Inclusão Social " Sopão da Vida"

Os problemas socioeconômicos muitas vezes só conseguem ser amenizados com auxílio e trabalho de voluntários com muita solidariedade, contribuindo com que a sociedade e as comunidades atuam diretamente neste tipo de ação social e humana doando o melhor de si para uma causa justa, onde todos contribuem para um dia melhor às futuras gerações. A solidariedade é uma virtude que nasce conosco. Todos podem contribuir. Mas, vale destacar que a virtude da solidariedade vai além dos bens materiais, pois ela envolve a difusão dos bens espirituais, como a fé, o amor.

Assim, a solidariedade deve ser expressa através de todas as formas possíveis, unindo a dedicação dos menos favorecidos. Para isso, em diversas partes de nosso país e do mundo são desenvolvidas ações e trabalhos que buscam criar uma cultura de solidariedade e fraternidade, pautada na consciência sobre as difíceis condições de vida das pessoas pobres, proporcionando dessa maneira uma verdadeira inclusão social e econômica. Através da união e do trabalho conjunto de pessoas comprometidas teremos sucesso nessa nova empreitada da vida.

Boa parte dos objetivos aqui propostos se espelha nos trabalhos realizados em outras comunidades do estado Minas Gerais. O Instituto Tempo é Vida - ITEV vendo a necessidade na cidade de Ponte Nova, com referencia á alimentação de pessoas carentes, vem com este projeto ajudar muitas pessoas. Com ajuda de toda sociedade, acredita-se contribuir com os menos favorecidos em sua alimentação.

Criar uma grande rede de solidariedade em nosso município, que inclui toda sociedade, empresas e terceiro setor, visando formar parceiros para atender aos menos favorecidos, recebendo e distribuindo alimento, calor humano e respeito a todos que vierem ao "Sopão da Vida".


Atualmente, a ecologia está sendo discutida como desenvolvimento sustentável, esta discussão acontece, pois de modo geral, as empresas ocupam-se em explorar, sem preocupação de preservar, o meio ambiente. O Instituto Tempo é Vida - ITEV, tendo como um de os objetivos o desenvolvimento sustentável, que é o desenvolvimento econômico, social, ambiental, cultural e ético, apresenta o IV- Concurso de "Miss Ecologia 2014 - MG" uma forma de despertar a consciência ambiental e da educação ambiental, mostrando às pessoas e, sobretudo, às crianças a importância do meio ambiente em que vivemos de que devemos preservar a natureza como um tesouro. Temos a responsabilidade de guardar, e devemos nos conscientizar de não destruir nem desperdiçar o que a natureza nos empresta. Cuidar do meio ambiente pode ser entendido como mais um dos princípios morais e éticos que também são objeto de preocupações do Instituto Tempo é Vida, que devemos ser responsável com o mundo ao qual nos inserimos, respeitando-o e não sendo agressivo com a natureza, respeitando também as mudanças com novos paradigmas, para a conservação do planeta Terra.

O IV- Concurso de Miss Ecologia 2014 - MG, tem como objetivo de promover a divulgação da biodiversidade incentivando na defesa do meio ambiente, conscientização e educação ambiental, assim como o aprimoramento da cultura dos jovens e das mulheres. Será realizado anualmente no mes de setembro, tendo como cenário a República Federativa do Brasil

IV- Concurso Miss Ecologia 2015/MG

Cada segundos, minutos, horas, dias, anos que passa, o tempo ganha cada vez mais espaço em todos os níveis de discussão sobre o meio ambiente e seus problemas. Cientistas, ecologistas, ambientalistas e a sociedade se interessam pelo tema, principalmente, porque envolve além de aspectos conceituas há os problemas éticos. As inúmeras entidades Ecológicas e de defesa do meio ambiente não negam a oportunidade nem os benefícios e necessidade do progresso.

Projeto de Documentario "A VIDA ESTA NA MESA" como chega os alimentos a mesa a os brasileiros através da agricultura familiar

O Instituto Tempo é Vida - ITEV, tendo como objetivos de uma de as finalidades de publicar, editar, como boletins, jornais e revistas, como tambem livros ou programas de radio e TV, que possam contribuir com enriquecimento cultural e cientifico da humanidade, realiza o presente documentario "A vida está na mesa" como chega o alimento a mesa aos brasileiros.

Através da agricultura familiar, por que Minas Gerais é o segundo estado com maior números de estabelecimentos familiares ficando atrás apenas da Bahia, sendo que esses estabelecimentos ocupam uma área de 8.845 milhões de hectares que representa 10% dos estabelecimentos familiares do Brasil, mantendo 12,3 milhões de pessoas ocupadas, mostrando seu potencial para trabalhos de desenvolvimento no setor. Os números oficiaís revelam ainda que a agricultura não familiar emprega apenas 1,7 pessoa por 100 hectares. Este documentario esta fudamentado na importancia de os alimentos primordias, como leite, hortalizas e ovos, e mostrar o lado bom que acontece na alimentação de todos os brasileiros e brasileiras, temos certeza que este documentario, produz resultados satisfatorios a sociedade e a agricultura familiar.

Contribuir com enriquecimento cultural e cientifico das familias rurais em enfase na sustentabilidade ambiental, "A vida está na mesa", de como chega os alimentos a mesa dos brasileiros atraves da agricultura familiar.


Vários projetos de reciclagem têm sido bem sucedidos no Brasil e dentre eles destacam-se o aproveitamento de papel, plásticos, metais, óleos lubrificantes automotivos e industriais, soro de leite e bagaço de cana. O sabão ecologico de Ponte Nova "SABECOPN" é produzido com resto de óleo de cozinha usado, gerando sustentabilidade para varias familias, protegento o meio ambiente o Rio piranga, que abastece varias cidades.

O sucesso da reciclagem do óleo de cozinha depende inteiramente da participação da comunidada e das parcerias. Temos certeza que esta proposta produz resultados satisfatórios a sociedade e significativos para o meio ambiente.

Implantar um amplo trabalho de Inclusão social, através de Coleta e reciclagem de óleo de cozinha para produção de sabão ecológico "SABECOPN". Por meio do envolvimento de todos os segmentos de nossa sociedade..

Projeto Sabão Ecológico de Ponte Nova "SABECOPN"

O óleo de cozinha é altamente prejudicial ao meio ambiente e quando jogado na pia, em geral, vai direto para a rede de esgoto causando entupimentos, poluindo rios, córregos todo meio ambiente. Algun tempo, a reciclagem de resíduos domesticos e agro-industriais vem ganhando espaço cada vez maior, não simplesmente porque os resíduos representam "matérias primas" de baixo custo, mas, principalmente, porque os efeitos da degradação ambiental são alarmantes decorrente de atividades industriais e urbanas.

Cooperativa de Coleta Seletiva e Reciclagem do Vale do Piranga "COOPECOSERVP"

O INSTITUTO TEMPO É VIDA - ITEV (OSCIP), tendo como Objetivo Principal: Promover o desenvolvimento sustentável: econômico, social, ambiental, cultural e ética, idealizou e fundou a Cooperativa de Coleta Seletiva e Reciclagem do Vale do Piranga (COOPECOSERVP)

A Cooperativa foi fundado em 26 de abril de 2012, e com data 12 de novembro de 2012, consegui sua Inscrição ante a Junta Comercial de Minas Gerais (J.UC.E.M.G), N° 314.000.5381-6; Com N° de CNPJ: 17.165.962/0001-01.


Com data 21 de novembro de 2012, outra conquista foi a sua inscrição definitiva no Sistema de OCEMG - Sindicato e Organização das Cooperativas de Estado de Minas Gerais, com número de registro 2020, atestando o cumprimento de artigo 107, da Lei 5.764/71 que define a política cooperativista Nacional.

A COOPECOSERP, tem como Objetivo Principal

A defesa econômica social de seus associados e proteção ao meio ambiente, através da coleta, separação, reutilização, industrialização e comercialização de produtos recicláveis em geral.

Poderá também:

a) Promover o desenvolvimento sustentável, através da consciência para a defesa, preservação e conservação de meio ambiente e da biodiversidade.

b) Comprar em comum, bens necessários para a realização das ações propostas.

A Cooperativa promoverá, através de recursos próprios, em parcerias ou ainda mediante convenio com entidades especializadas, públicas ou privadas, o aprimoramento técnico profissional e a educação cooperativista de seu quadro de associados.

Os Cooperados da "COOPECOSERVP" esta constituído por 31 pessoas de baixa renda que trabalham a mais de 15 anos como recicladores "que hoje mostra brilhos nos olhos de felicidades pela vitoria. tudo isto de deve a iniciativa do ITEV, que vem promovendo o desenvolvimento sustentável, inclusão social com geração de renda; na cidade de Ponte Nova / MG, Brasil.


O ITEV - Instituto Tempo é Vida, tendo como objetivo principal o Desenvolvimento Sustentável, e a importância de expansão e zelo da responsabilidade social com o ser humano nos diferentes aspectos da vida. Implanta uma filial com n° CNPJ: 12.217.897/0002-70; Casa Albergue e Recuperação "Caminhando com Jesus", no Sitio dos Montes - Zona Rural na cidade de Oratórios /MG.

Projetos de Responsabilidade Social

Casa Albergue e Recuperação "Caminhando com Jesus"



Os Projetos do Instituto Tempo é Vida - ITEV, estão registrado em livro de ata em assembléia geral no dia 21 de fevereiro de 2012, e registrado no Cartório Ferreira Bemfeito, com número do Protocolo 24967. REG N° 1365 – LIV A-55- PAG 175- AV N° 12, com data 03 de Abril de 2012, na cidade de Ponte Nova/MG – Brasil.


Participe